Não confunda, não é orgulho ou egoísmo, é amor próprio.
Se pôr em primeiro lugar não é vergonhoso; Se conhecer, perceber seus próprios limites, perceber gostos e aversões, isso é se amar e esse é nosso primeiro amor.
Quando o aprendemos, quando o sentimos e só quanto ele acontece é que estamos aptos a amar o outro verdadeiramente, quando nos entendemos e quando nossa própria complexidade é amada, é quando a magia acontece.
É transcedental se sentir bem consigo mesmo e quando percebemos a aceitação no outro, o amor se torna o paraíso.

“Os cegamente apaixonados que me perdoem, mas amor próprio é fundamental!” Augusto Branco.

Feche os olhos, olhe para dentro de si, veja o que você é e grite que se ama! E você vai perceber, e vai se perguntar, como antes era possível viver sem me amar?
Se mereça! e seja merecido, não há ninguém melhor do que você mesmo para dizer qual seu valor.
Seja a tempestade, seja a calmaria. Seja você mesmo!
Se ame no momento em que acorda, se ame em sua rotina e viva do modo que te faz bem.
Não abra mão do seu amor próprio, você pode amar e se amar e isso não causa prejuiso.

“Tô me afastando de tudo que me atrasa, me engana e me retém. Tô me aproximando de tudo que me faz completo, me faz feliz e me quer bem.” Caio F. Abreu

E se for para mudar, que seja por você mesmo, você vale a pena!
Respeite seus sentimentos e não tenha medo de ser o que você é! Não se importe com o que não vai mudar sua vida, e se apaixone por si mesmo, tenha a incondicionalidade que só o amor próprio pode te dar, não finja não desejar aquilo que você realmente quer, use sua astucia e seu amor, e deixe o orgulho de lado, o amor próprio é uma cura que todos podemos ter.

Categories: Uncategorized

21 Comments

O Primeiro amor é o amor próprio.

  1. Oi linda tudo bem?
    Sou nova leitora do seu blog, digo nova porque amei o post e quero vim sempre aqui.
    Bom, amei o texto e concordo plenamente com tudo isso. Realmente acho que antes de amar alguém você precisa amar você mesmo. Eu tô em uma fase tão confusa na minha vida que gostaria de perdi um conselho ou melhor ou talvez uma opinião. Posso? Qual seu e-mail?

    É parabéns pelo texto e o blog.
    Beijo grande,

    Veja a última novidade do blog e me diga sua opinião!

    Maah Music – Entrevista exclusiva com Maor Nawi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *