Uncategorized

10 Dias de Organização Pessoal – Coisas Importantes e como se Direcionar

Como eu já falei previamente: A quantidade de informação que recebemos diariamente é enorme, mas a nossa capacidade de absorver tanta coisa infelizmente não é tão grande, apenas três a cada cem pessoas são capazes de fazer várias tarefas ao mesmo tempo sem perder a eficiência (minha mãe é uma delas haha). Foco é um problema que todo mundo tem, que que acredito poder ser treinado.
Você já ouviu falar de “autossabotagem”? É um problema bem comum que pode acontecer com qualquer pessoa, acontece muitas vezes quando falta convicção naquilo que fazemos e o cérebro acaba “sabotando” seu foco e te fazendo pensar em coisas que gostaria de estar fazendo, mas não está e ai começa a procrastinação e muitas vezes por culpa dela você acaba adiando seus sonhos.
As tarefas que você decide fazer ainda precisam ser divididas e organizadas.
O que é importante para você?
É tudo aquilo que te ajuda a conquistar seus objetivos? Ou é algo ainda mais urgente? O ponto aqui, é não deixar as coisas acumularem para que o que é realmente importante não fique apenas nos sonhos.
Divida o que é importante em tarefas. E se acostume com a chata aqui repetindo isso, mesmo que você crie uma lista de projetos você deve perceber que objetivos não são tarefas, transforme seus sonhos em ações praticas, esse é um dos segredos do foco, assim você age com mais clareza e sempre vai saber o próximo passo a ser dado.
Você provavelmente já experimentou: Distração, falta de foco e dificuldade de planejamento, isso é normal e genético, preferimos o que é imediato do que o beneficio a longo prazo, essa herança genética nos faz procrastinar, adiamos nossas tarefas como estudar ou fazer um trabalho para postar selfies no instagram.
A melhor coisa a se fazer fazer muitas vezes é usar isso a nosso favor. Vocês conhecem o ditado “Se não pode com eles, junte-se a eles.” Escrever um livro ou ler um texto exaustivo de 200 paginas para a faculdade pode ser assustador (se eu tivesse me organizado e não teria levado dois anos para escrever meu livro), mas é um desafio que se torna prazeroso.
Então você têm um desafio e quer tornar ele menos cansativo, dividir ele em pedaços fará com que você se sinta mais gratificado, você vai se sentir recompensado ao completar cada parte e além disso você pode promover “Prêmios” para si mesmo (falarei sobre a técnica de Pomodoro m um post futuro), como comer uma barrinha de chocolate ao fim de cada tarefa, parece delicioso não é mesmo?
Sua mente também vai abrir e vai se tornar bem mais ativa, e quando você menos percebe concluir uma tarefa longa também está sendo prazeroso.
Até que ponto é possível dividir projetos em tarefas?
A resposta é: Não existe uma receita para isso, uma tarefa comum pode ser dividida em cinco partes, eu pessoalmente gosto de manter entre 3 e 5, e para que elas sejam mais facilmente realizadas elas devem ser objetivas. “Ser mais saudável” é uma tarefa ruim, porem listar alimentos saudáveis ou exercícios diários é mais fácil para sua mente assimilar e executar a tarefa.
Também não pode esquecer de deixar suas tarefas curtas, assim a gratificação vêm mais rápido, tome cuidado com a “sensação de vazio” as vezes quando dividimos de mais as tarefas e deixamos algo para o dia seguinte isso gera uma inquietação, ficamos com a sensação esquisita de que algo ficou incompleto, ou pior, imagine sair de casa e ficar o dia inteiro achando que esqueceu alguma coisa?
Mas é claro que existem atividades que levam dias para se realizar, nessas se atente para que as atividades se conectem e sua mente consiga descansar de verdade. E o mais importante, lembre que você está fazendo isso por que quer, se sua mente achar que suas ações são de alguma forma obrigatórias você vai acabar perdendo o foco.

22 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: