Título: Amaldiçoado Republicação de O Pacto (Horns) / Autor: Joe Hill / Ano: 2010 / Páginas: 320 / Editora: Arqueiro / Nota: Pode dar mil?
Ignatius Perrish sempre foi um homem bom. Tinha uma família unida e
privilegiada, um irmão que era seu grande companheiro, um amigo
inseparável e, muito cedo, conheceu Merrin, o amor de sua vida.
Até
que uma tragédia põe fim a toda essa felicidade: Merrin é estuprada e
morta e ele passa a ser o principal suspeito. Embora não haja evidências
que o incriminem, também não há nada que prove sua inocência. Todos na
cidade acreditam que ele é um monstro.
Um ano depois, Ig acorda
de uma bebedeira com uma dor de cabeça infernal e chifres crescendo em
suas têmporas. Descobre também algo assustador: ao vê-lo, as pessoas não
reagem com espanto e horror, como seria de esperar. Em vez disso,
entram numa espécie de transe e revelam seus pecados mais
inconfessáveis.
Um médico, o padre, seus pais e até sua querida
avó, ninguém está imune a Ig. E todos estão contra ele. Porém, a mais
dolorosa das confissões é a de seu irmão, que sempre soube quem era o
assassino de Merrin, mas não podia contar a verdade. Até agora.
Sozinho,
sem ter aonde ir ou a quem recorrer, Ig vai descobrir que, quando as
pessoas que você ama lhe viram as costas e sua vida se torna um inferno,
ser o diabo não é tão mau assim.
Um livro para se ler com a mente aberta, que nos trás questionamentos sobre a vida e sobre o que é bem e o que é mal, o protagonista assume uma forma diabólica fazendo com que as pessoas revelem o seu pior, ou melhor, revelem sua natureza se despindo de convenções sociais, pudor e eliminando qualquer hipocrisia,  Ig nos faz questionar se as relações que temos na vida são reais ou meras falsidades, se aturamos uma pessoa por obrigação mas no fundo queremos que… bem, que ela morra. Ig ainda nos faz pensar se Deus odeia o pecado porque o diabo seria ruim? Já que ele pune os pecadores. Um dos melhores conflitos teológicos que eu tive o prazer de ler e pensar.
“- E sei de tudo sobre Lee da mesma forma que sei sobre você. Quando
toco as pessoas fico sabendo das coisas. Coisas que não deveria saber. E
elas também me contam. Falam de coisas que gostariam de fazer. Não
conseguem evitar.” 
Posso dizer que o livro me prendeu e muito, devorei ele inteiro no Carnaval e já quero mais obras do Joe Hill, não estou satisfeita com todas que já li, esse autor é incrível, ele conseguiu me fazer sentir na pele de Ig, muito mais do que o filme me fez, alias o filme é muito bem adaptado vale a pena assistir.
“Satã é um de nós. Muito mais que Adão e Eva”
O livro se alterna entre passado e presente, essa é uma marca registrada do autor, nos fazendo ver o real Ig, não aquele com chifres, mas um garotinho apaixonado que seria capaz de correr para o inferno em busca de sua amada. O livro é triste, intenso e lindo, mostra os caminhos que nossas escolhas no levam e mostra isso de uma maneira única.
“Quando amamos uma pessoa colocamos as necessidades dela acima das
nossas. Por mais inconcebíveis que fossem tais necessidades, por mais
loucas, por mais que nos despedaçassem.”
Infelizmente não posso indicar o livro para quem é fervorosamente religioso, mas para quem tiver a cabeça aberta e a mente desejando ideias frescas esse livro é altamente recomendado, têm algumas cenas de sexo e um teor de sensualidade, mas que também já são marca registrada do autor.Notaram algo de diferente no post? pois é, meu pc queimou e eu perdi todas as fotos que tinha tirado do livro então dessa vez vamos com fotos da capa e do filme… enfim, talvez o fluxo dos posts diminua, talvez eu entre em hiato porque é meio impossível postar do netbook que eu uso, vamos torcer pro pc voltar a funcionar para eu poder continuar postando haha.
E ai, qual foi a leitura do Carnaval de vocês?
Categories: Uncategorized

12 Comments

[Livro] Amaldiçoado – Joe Hill

  1. Oi Cecilia, tudo bem? 🙂

    Não consigo me sentir atraída por esse livro, acredita? >.<

    Por mais que eu queria descobrir o assassino e todo o mistério que ronda essa história, simplesmente não é meu tipo de leitura. Mas, quem sabe eu mude de idéia, né? =]

    Beijos! ;*
    ||Letras Eternas||

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *