Livro: Uma Curva no Tempo / Autor: Dani Atkings / Editora: Arqueiro / Ano: 2015 / Páginas: 256 / Nota ♥♥♥♥

Sinopse: A noite do acidente mudou tudo… Agora, cinco anos depois, a vida de
Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento
minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela
morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a
vida não funciona assim… Ou funciona?
A noite do acidente foi
uma grande sorte… Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é
perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a
carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue
afastar as lembranças de uma vida muito diferente?

A primeira vida de Rachel dura apenas poucas páginas iniciais do livro, páginas bem tristes por sinal, quando ela acorda para sua “segunda vida” da qual ela não têm lembrança alguma, os médicos tentam empurrar uma história sobre amnesia, que Rachel claro não engole, ela usa seu espírito de jornalista para investigar a história, tentar entender o que aconteceu, ou melhor para onde foi sua “outra eu”, afinal sua vida anterior ainda está na sua lembrança, cada mínimo detalhe que ela tenta se apegar está ali na sua cabeça.

“Minha primeira vida terminou às 22h37 de uma noite chuvosa de dezembro, em uma rua deserta ao lado da velha igreja.”

Mas será que Rachel gostaria mesmo de largar sua vida perfeita? afinal a antiga era tão cheia de dor e cicatrizes emocionais, por que ela insistia em querer voltar? seria medo de enfrentar seus verdadeiros sentimentos com uma pessoa que agora está viva e antes não estava?
Além disso Rachel é uma personagem muito cativante, é impossível não brigar com ela mentalmente por ela ainda estar atrás de coisas dolorosas, é impossível não torcer pela felicidade dela, e por… bem, por ela continuar afastada do seu antigo namorado.
É impossível não brigar com Rachel, afinal ela se abre para gente como se fôssemos melhores amigas

“Minha segunda vida começou uma vez dez horas depois, quando acordei sob o
brilho ofuscante das luzes do hospital, com um grande ferimento na
cabeça e uma existência da qual eu não tinha absolutamente nenhuma
lembrança.”
Eu não posso falar muito mais da historia, não quero estragar as surpresas para ninguém, pode ser que você goste, pode ser que não, apesar de não ser o tipo de livro que eu costumo ler, a historia me surpreendeu e achei tocante, dê uma chance 🙂
Categories: Uncategorized

One comment

[Livro ] Uma Curva no Tempo – Dani Atkins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *