Sinopse: Emma tem 27 anos, é linda e inteligente e vive cercada de pessoas que
ama. Prestes a se casar com Richard, seu namorado desde a época de
escola, ela não poderia estar mais empolgada.
Mas o que deveria
ser o momento mais feliz de sua vida de repente vira uma tragédia. Emma
sofre um acidente e é salva por um estranho minutos antes que o carro em
que ela viajava explodisse.
Abalada, ela decide adiar o
casamento. E nesse meio-tempo descobre segredos que a fazem questionar
as pessoas nas quais sempre confiara a ponto de duvidar se deve se
casar afinal.
Para complicar, ela se sente cada vez mais ligada a
Jack, o homem que a salvou e que não sai da sua cabeça. Jack é lindo,
gentil e divertido, de um jeito diferente de todos que ela já conheceu.
Por outro lado, é Richard quem ela sempre amou…
Uma mulher, dois homens, tantos destinos possíveis. Como essa história vai terminar?
“Tudo de que você não precisa é começar algo comigo agora. Algo com um
fim que já olha você de frente. Você já teve muitos finais em sua vida,
Emma. Eu não serei mais um.

Quando comecei a ler A história de nós dois achei o início parecido com o
outro livro da autora, Uma curva no tempo (que já foi resenhado aqui no blog). Os dois livros começam com
um terrível acidente mudando a vida da protagonista. Os dois livros têm
duas histórias emocionantes em que os personagens vão repensar suas
decisões e vão descobrir se estão realmente felizes com elas. 
O acidente vai mudar completamente a vida de Emma. Ela vai adiar seu
casamento com Richard porque depois da tragédia ela acha que não é mais
propício que em um momento tão triste eles continuem com os planos.  
“O acaso ou o destino simplesmente o haviam colocado na estrada certa no momento certo.”
Além do romance, o foco do livro também é mostrar o poder das amizades, em que um
sincero apoio é uma base forte para nos ajudar a passar por momentos difíceis. O livro é emocionante e nos mostra que nem sempre a felicidade
pode estar aonde é mais fácil, e que as vezes é preciso se arriscar.  
Emma, é uma mocinha decidida e foge dos clichês nesse tipo de romance, eu já odeio triangulo amoroso por si só, mas como ouvi muita gente falar bem resolvi tentar esse e me surpreendi com uma personagem muito bem construida e coerente.
“Lar é onde a pessoa que você ama vive”

O livro é muito lindo, mostra uma determinação de Emma, o
arrependimento e o valor do perdão.
No fim do livro, temos uma surpresa muito bonita, a junção de todos aqueles capítulos narrados por Emma do futuro, descobrimos que o amor já havia durado tantos e tantos anos, que memórias maravilhosas foram construidas e que Emma ainda tinha forças para se lembrar de tudo aquilo, que a vida dela era uma página colorida de alegrias, uma Emma já velhinha contando todas as suas alegrias enquanto olhava fotos.

“Chorei no apartamento vazio, amando-a e odiando-a em igual medida por ter nos deixado.”

Eu gostei muito do livro, foi mais longo e mais bem construido que Uma Curva no Tempo, o romance dos personagens se desenrola de uma maneira bonita e faz a gente querer viver algo parecido, então recomendo sim o livro, depois me contem o que acharam. ♥

CATEGORIAS:Uncategorized

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *