Sinopse: Há seis anos, Matty chegou ao pacato Vilarejo. Sob os cuidados de
Vidente, um cego que tem uma visão especial, ele amadureceu e se adaptou
à nova vida. Agora, espera receber seu nome verdadeiro, que determinará
seu valor ali, como ocorre com todos os habitantes.
Contudo,
algo nefasto está se infiltrando no Vilarejo, e os moradores, antes
orgulhosos de receber forasteiros, passam a exigir que as fronteiras
sejam fechadas para se protegerem.
Por ser um hábil mensageiro,
Matty é encarregado de avisar os outros povoados sobre o bloqueio. Sua
missão também tem outro grande objetivo: buscar Kira, a filha de
Vidente, antes que seja tarde demais.
Ele é o único capaz de
viajar pela Floresta, que já provocou algumas mortes. O problema é que
ela também está se tornando um lugar perigoso para o garoto. Mas muitos
dependem de Matty. Então, armado apenas de um poder recém-descoberto,
ainda incompreensível e incontrolável, ele se arriscará a fazer o que
talvez seja sua última viagem.
“Nossos dons são nossas armas “
Depois de ler O Doador de memórias eu fiquei com uma espécie de “vazio” sabia que a historia não deveria acabar ali, então quando vi O Mensageiro não pensei duas vezes e peguei, depois percebi que havia ainda um livro entre eles dois, mas a historia é a parte e não prejudicou o entendimento do terceiro livro. O personagem principal
foi o que mais me cativou, a autora
seguiu com a história da mesma forma do primeiro livro, existem vários aspectos em comum até.
O vilarejo, assim como a cidade do primeiro livro, parece ser um lugar onde todos vivem em paz, mas as trevas começam a invadir
o reino. As pessoas deixam de ser altruístas e o egoísmo,
característica esta que não existia neste povoado, começa a dominar
alguns moradores.
A maioria da população começa a negociar coisas
duvidosas em troca de produtos mais duvidosos ainda. E o pior está por
vir: A população do local decide que as fronteiras do vilarejo devem ser
fechadas e ninguém mais poderá ir até o local pedir ajuda.
“A Floresta gosta de mim” – comentara ele certa vez com o cego, orgulhoso. “Talvez ela precise de você”.
Lowry caprichou na escrita nesse livro e nos entregou uma
belíssima obra cheia de beleza e emoção e bem melhor escrita que a primeira da saga. A nostalgia de ver os
personagens de outros livros reunidos é enorme e finalmente
entendemos a grandiosidade do universo criado pela autora.
“De repente, teve a sensação de que estavam todos condenados.”
E onde estava Jonas no meio disso tudo? desde o inicio do livro eu ficava me perguntando se haveria uma ligação direta com O primeiro e essa ligação foi mostrada quando falam que o líder têm um Dom, o de “Ver além” AHÁ olha aí o Jonas.

“Não havia segredos no Vilarejo. Era uma das regras propostas por Líder,
e a votação a favor dela fora unânime. Todos os que chegaram ao
Vilarejo de alguma outra parte, todos os que não tinham nascido ali,
vinham de lugares repletos de segredos. De vez em quando — mas não com
muita frequência, pois sempre era causa de tristeza, — essas pessoas
descreviam suas comunidades de origem: com governos cruéis, punições
severas, miséria total ou falsos confortos.”

Matty descobre seu dom enquanto está na Floresta, começa com uma coisa pequena, assim como Jonas, não com uma maçã, mas com um sapo. Depois dessa
descoberta, muitas coisas acontecem. Dentre elas, a Floresta passa a
ficar mais perigosa, até mesmo para Matty…

Terminei o livro rapidinho, em algumas idas ao trabalho de ônibus, as páginas são bem grossas então o livro não é longo como aparente e isso é uma desvantagem porque a historia poderia ter sido muito mais explorada, tanta coisa poderia ter sido revelada, mas acredito que não seja esse o interesse da autora, Lois está apenas nos dando pistas, em cada livro descobrimos mais sobre esse universo e mal posso esperar para juntar as pontas e entender o significado de tudo.

Não esquece de deixar seu comentário viu? E me indica um livro para eu resenhar no próximo post?

Categories: Uncategorized

4 Comments

[ Livro ] O Mensageiro – Lois Lowry

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *