Sinopse: Francisco Presto nasceu numa pequena cidade da Espanha em plena guerra
civil. Com a infância marcada por tragédias, Frankie se torna pupilo de
um professor de música cego, que se dedica a lhe ensinar tudo o que
sabe.
Ao completar 9 anos, ele foge para os Estados Unidos carregando
consigo apenas seus bens mais preciosos: um violão e seis cordas
mágicas.
Com um talento fora do comum para tocar e cantar, Frankie
rapidamente alcança o estrelato e influencia o cenário musical do século
XX, apresentando-se ao lado de nomes consagrados como Elvis Presley e
Little Richards.
No entanto, seu dom se transforma em um terrível
fardo quando ele percebe que pode afetar o futuro das pessoas: uma corda
de seu violão fica azul cada vez que uma vida é alterada.
No auge do
sucesso, assombrado por seus erros e por seu estranho poder, Frankie
sai de cena por anos, apenas para ressurgir para um espetacular e
misterioso adeus.
“Talento é um pedaço da sombra de Deus. E, debaixo dessa sombra, as histórias humanas entrecruzam-se.”
Minha curiosidade foi atiçada quando escutei que a historia era narrada pela própria Música. A história de Frankie na sinopse parecia guardar muito mais, logo fiquei curiosa para saber o que estava oculto na historia.
Esse livro é muito mais do que só um romance, pela sinopse pode parecer algo cheio de fabulas e amor adolescente, mas é mais do que isso, é a vida nada fácil de um
garoto que tem que crescer se adaptando, tendo como única companhia a música e seu violão.
“Todos os humanos são musicais. Por que motivo o Senhor daria a vocês um coração pulsante?”
  
Esse livro é poesia pura, ele é reflexivo e levanta muitas
questões sobre o que é ser humano e sobre nosso desenvolvimento pessoal diante
de situações diversas, tipo descobrir o que você quer fazer pelo resto da vida, descobrir que isso pode ser
benéfico, mas que também pode trazer situações não planejadas ou que te levam
para um caminho totalmente desconexo do que você esperava.
“Eu tenho o poder de fazer você recordar-se das coisas. Absorvo suas
memórias; quando me ouve, você revive as lembranças. Uma primeira dança.
Um casamento. A canção que tocava quando você recebeu uma grande
notícia. Nenhum outro talento proporciona uma trilha sonora para sua
vida. Sou a música..”
O livro não segue ordem cronológica como a gente é habituado, a narrativa se intercala a narração feita
pela Música, essa é mais linear e começa no nascimento de Frankie. E os depoimentos dados no funerário começam a se encaixar conforme a narrativa da Musica evolui. 

O melhor ponto do livro, na minha opinião é o poder de transformação que a musica pode ter. Muitos pontos do livro explicam isso, não quero dar muitos spoiler sobre o livro, tenho tentado fazer isso em todas as minhas ultimas resenhas para não estragar a leitura de vocês, espero que o “mistério” em torno na historia encante vocês, caso queiram ler, recomendo bastante, então, aos que vão embarcar na magia da musica, boa leitura!
“A verdade é luz. Mentiras são sombras. A música é ambas.”
CATEGORIAS:Uncategorized

um comentário

[ Livro ] As Cordas Magicas – Mitch Albom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *