Sinopse: Neste fascinante thriller, Dan Brown retoma a mistura magistral de
história, arte, códigos e símbolos que o consagrou em “O Código Da
Vinci”, “Anjos e Demônios” e “O Símbolo Perdido” e faz de Inferno sua
aposta mais alta até o momento.
No coração da Itália, Robert
Langdon, o professor de Simbologia de Harvard, é arrastado para um mundo
angustiante centrado numa das obras literárias mais duradouras e
misteriosas da história: O Inferno, de Dante Alighieri.
Numa
corrida contra o tempo, ele luta contra um adversário assustador e
enfrenta um enigma engenhoso que o leva para uma clássica paisagem de
arte, passagens secretas e ciência futurística. Tendo como pano de fundo
poema de Dante, e mergulha numa caçada frenética para encontrar
respostas e decidir em quem confiar, antes que o mundo que conhecemos
seja destruído.
“O poema de Dante falava menos sobre as agonias do Inferno e mais sobre a
capacidade de espírito humano de suportar qualquer provação, por mais
aterrorizante que fosse”
Eu acabei de terminar a leitura e estou aqui me perguntando por onde começar, que tal com um UAU!? O único livro das aventuras de Robert Langdon que li foi o Código Da Vinci e não sabia o que me esperava nas páginas de Inferno. A obra faz referência a uma das obras mais importantes do mundo,
A Divina Comédia, que mostra os sofrimentos
das pessoas que pecaram, passando por diversos sofrimentos até alcançar o
paraíso. Utiliza também a arte de Botticelli sobre a Divina Comédia
para levar o personagem a desvendar o enigma, assim como em O Código Da
Vinci, existe essa conexão com a arte e o simbolismo.
As
referências históricas da literatura de Dan Brown, é o que me leva a gostar dos livros dele, Esse negocio de misturar ficção com realidade é o meu ponto fraco, sério, fico caída com isso haha. Sem dúvidas ele
sabe despertar a curiosidade nos leitores.
“Em situações de perigo, não existe pecado maior do que a omissão.”
Inferno é bem ‘Black Mirror’ desculpa, não podia deixar o meme passar haha. O livro aborda um tema extremamente
atual, tenso e que me fez questionar qual a minha posição em relação aquele assunto, que envolve diversas questões relacionadas a raça humana.
“Os lugares mais sombrios do Inferno são reservados àqueles que se mantiveram neutros em tempos de crise moral.”

O livro foi excelente, reza a lenda que o ultimo do personagem Robert Langdon, se for, acredito que foi fechado com chave de ouro, ouvi muita gente reclamando da formula do Dan Brown, dizendo que está batida, etc, eu não li o outros livros, apenas o Código da Vinci e este, e achei muito bom, nada cansativo e bastante recomendável, claro que é um daqueles livros que não tem graça de reler porque você já sabe o que vai acontecer, mas é muito bom, recomendo!

“As decisões do passado são os arquitetos do presente.”
Categories: Uncategorized

6 Comments

[ Livro ] Inferno – Dan Brown

  1. Eu tenho o box com os quatro livros que contam as histórias de Robert Langdon. Li só Anjos e Demônios que amei, amei, amei! ♥ Comecei a ler O Código da Vinci, mas sabe-se lá porque, acabei desanimando e parei a leitura no segundo livro. Quero muito terminar a série literária o quanto antes, se possível ainda esse ano. Ah! Meu primeiro livro da estante é do Dan Brown: Ponto de Impacto faz parte da lista dos meus livros desde 2013, por muito tempo foi meu livro preferido da vida, até que conheci As Crônicas de Nárnia (todos os livros em geral, mas especialmente A Viagem do Peregrino da Alvorada) e Lewis ganhou o espaço do Dan.

    Com carinho,
    Conto Paulistano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *