Filmes

Filme – The Handmaiden

The Handmaiden é um filme de suspense psicológico erótico e sul coreano de 2016 dirigido por Park Chan-wook e estrelado por Kim Min-hee, Kim Tae-ri, Ha Jung-woo e Cho Jin-woong. É inspirado no romance Fingersmith da escritora galesa Sarah Waters, com a configuração mudada da era vitoriana na Grã-Bretanha para a Coréia sob o domínio colonial japonês.

O filme foi selecionado para competir pela Palme d’Or no Festival de Cinema de Cannes de 2016. Foi lançado na Coréia do Sul em 1 de junho de 2016, para aclamação da crítica. Ele arrecadou mais de US $ 37 milhões em todo o mundo.

No 71º British Academy Film Awards, o filme foi nomeado para Melhor Filme Não na Língua Inglesa.

Sinopse
The Handmaiden é um conto de sedução, desejo e trapaça, é divertidamente provocador. Quebra os estereótipos de  femmes fatales e te causa uma distorção hipnotizante. À medida que a narrativa caminha em espirais de um lado para o outro, testemunhamos os mesmos eventos de múltiplas perspectivas, cada uma mais reveladora do que a outra.
 
O Filme, é basicamente dividido em três partes (Possíveis spoilers abaixo)

Parte 1

Na Coreia ocupada pelos japoneses, um trapaceiro chamado “Conde Fujiwara” planeja seduzir uma herdeira japonesa chamada Lady Hideko, depois se casar com ela e coloca-la em um asilo para roubar sua herança. Ele contrata uma criada chamado Sook-hee para se tornar a criada de Hideko e encorajar Hideko a se casar com ele.

Hideko vive com seu autoritário tio Kouzuki. Kouzuki ganha dinheiro vendendo livros raros, e ele faz Hideko dar leituras dos livros para potenciais compradores. Sook-hee e Hideko se aproximam, e Hideko permite que Sook-hee use seus vestidos e jóias.

Quando Hideko pergunta a Sook-hee como será a vida casada, Sook-hee faz um amor apaixonado por ela, prometendo-lhe os mesmos prazeres com seu novo marido. Sook-hee começa a expressar relutância sobre o plano, mas quando a própria Hideko sente que não pode atravessar o casamento, Sook-hee insiste que ela faz isso, fazendo Hideko golpeá-la e fugir com frustração.

Quando Kouzuki deixa o negócio por uma semana, Hideko e Fujiwara escapam. Depois de cobrar a herança de Hideko, Sook-hee, Hideko e Fujiwara viajam para o asilo, onde Hideko e Fujiwara passam Sook-hee off como a “Condessa”, tendo-a comprometida no lugar de Hideko.

Parte 2

Uma série de flashbacks mostra que Kouzuki era abusivo para ambos, Hideko e sua tia. Os livros que ele vende são pornografia sádica, que ele treina e obriga sua esposa a ler em leilões particulares para os livros, uma prática que ele também ensina Hideko durante a infância.

A tia de Hideko é finalmente encontrada pendurada em uma árvore no quintal. Quando Hideko suspeita que a morte não era suicídio, Kouzuki leva Hideko ao seu porão, onde ele diz que ele matou sua tia depois de ter tentado fugir para se casar com outra mulher.

No passado mais recente, Hideko cresceu, e Fujiwara planeja seduzi-la a roubar sua herança. Ele achou isso impossível devido a ela ser lésbica, e ele, em vez disso, faz um acordo com ela: se eles se casarem, ele a salvará de seu tio em troca da metade de sua herança.

Hideko concorda sob a condição de que quando se casar, ele lhe dá um frasco de veneno garantido para matá-la rapidamente no caso de ser pego por seu tio e levado de volta ao porão. Hideko ainda se propõe contratar uma criada e comprometer a empregada a um asilo em seu lugar.

Hideko inesperadamente se apaixona por Sook-hee. Sabendo que a mulher que amava estava planejando a trair, Hideko tenta se enforcar. Sook-hee a salva e confessa sua culpa em tentar confiar Hideko e roubar sua herança. Hideko admite seu plano de se comprometer com Sook-hee em seu lugar, e os dois se comprometem a se vingar tanto de Kouzuki quanto de Fujiwara.

Hideko mostra Sook-hee coleção de pornografia de seu tio, e Sook-hee destrói a coleção com raiva. Hideko finalmente se junta a ela, chamando Sook-hee de salvadora do abuso de seu tio.

Parte 3

O amigo Bok de Sook-hee, em breve incendeia o asilo e se posiciona como bombeiro para ajudar a resgatar o Sook-hee. Enquanto isso, Hideko envenena o vinho de Fujiwara, fazendo com que ele desmaie enquanto tira o dinheiro e sai. Sook-hee e Hideko se reúnem e fogem juntos, disfarçando Hideko como um homem para evitar a detecção.

Kouzuki captura Fujiwara depois de receber uma carta de Hideko detalhando a decepção de Fujiwara. Ele tortura Fujiwara em sua adega com sua coleção de ferramentas antiquárias de apostas e pressiona-o por detalhes sexuais sobre sua sobrinha.

Fujiwara compõe uma história sobre a noite de núpcias, mas um flashback mostra que Hideko cortou a mão numa faca para manchar os lençóis, recusando-se a consumar o casamento. Quando Kouzuki pressiona por mais detalhes, Fujiwara convence Kouzuki para lhe dar um de seus cigarros.

Depois de fumar por um tempo, um Fujiwara desgostoso se recusa a dar mais detalhes. Kouzuki percebe que os cigarros estão produzindo fumaça azul. Fujiwara revela que seus cigarros foram atados com mercúrio, e o gás tóxico dentro da fumaça agora estava matando os dois.

Em uma balsa para Xangai, China, Sook-hee e Hideko celebram sua nova liberdade ao fazer amor novamente.

Minha opinião
A cada parte do filme, eu me pegava mais envolvida pela trama, cada giro, cada plot twist me fazia gritar em um travesseiro enquanto assistia, foi uma experiência maravilhosa ser surpreendida por esse filme, outros que me deu sensações parecidas foi Old Dog, do mesmo diretor, talento é talento né?
Uma das cinematografias mais fascinantes que vi esse ano. Muitas sacadas de Mestre. São filmes como esses que me fazem pensar: como isso foi possível? Parece tão… Como alguém pensou em algo tão genial? A única coisa que eu queria, era poder esquecer o filme, para assistir novamente e ser surpreendida haha.
Uma obra prima das reviravoltas e é isso que torna a historia desse filme tão interessante, não é apenas sobre sexo, mas sobre o desejo das pessoas e como elas são capazes de muita coisa para que eles sejam atendidos.
O filme foi desempenhando perfeitamente, de forma que suga a gente para dentro deste mundo do erótico, do egoísmo, e da trapaça. Ambas as escolhas femininas foram fantásticas. As atrizes são incríveis com incorporam e compartilham sua tensão sexual com o público.
São filmes como esses que são os mais memoráveis. Fazendo você se sentir como os personagens estão se sentindo.
A ideia central da obra é tirar seu chão, uma apresentação rápida dos personagens, cenários principais e os pontos que ressaltam a cultura inglesa e japonesa. Uma empregada, um golpista, uma herdeira e seu tio, a trama corre entre esses personagens e seus pontos de vista, sempre dosando as informações que são extremamente transgressoras.
Muito do que a narrativa constrói se da pela sugestão e depois nas reviravoltas se deixa explicitar na sua cara tudo que já era chocante só pela sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: