Animes

Anime: Inuyashiki

Inuyashiki (いぬやしき?) é um mangá de ficção científica. Inuyashiki estreou na edição de janeiro de 2014 da revista de mangás seinen Evening. Em julho de 2017 a série foi concluída com 10 volumes. Em Outubro de 2017, uma adaptação para anime produzida pelo estúdio MAPPA começou a ser exibida no Japão.

Ele era o anime ‘estranho’ da temporada, algumas pessoas apostavam no sucesso, outras ficavam com o pé atrás quando o assunto era Inuyashiki, eu já tinha começado a ler o mangá e estava gostando, então decidi assistir o anime de uma vez para ter minha próprias conclusões.

Sinopse: Ichiro Inuyashiki realmente não tem sorte. Embora tenha apenas 58 anos de idade, ao olhar dos outros é descrito como um velho patético, ele é constantemente ignorado e desrespeitado por sua família mesmo depois de tudo o que ele fez para apoiá-los. Além disto, seu médico revelou que ele tem câncer e parece que ele tem pouco tempo restante neste mundo. Mas quando parece que as coisas não poderiam piorar, uma luz ofuscante no céu noturno atinge a terra onde Ichiro está. Mais tarde ele desperta e percebe que algo em si está diferente.

Você pode pensar que a história de Inuyashiki é como a de muitos animes que começam e terminam com uma única temporada: Esquisito no começo, mas depois de alguns episódios, o esquisito vira comum, porque você se acostuma. É quaaaaase isso que acontece aqui.

O problema é que em Inuyashiki MUITA coisa não foi explicada (Pelo menos no anime, o mangá ainda não terminei de ler). Assim, você aceita o Plot, curte a maioria dos episódios, eu curti todos, mas, ainda assim, fiquei cheia de dúvidas, o negócio é tão mal explicado, que se torna difícil até elaborar teorias.

A história mostra aquela boa e velha disputa entre herói e vilão. Um quer salvar, e o outro destruir a tudo e a todos; ambos são guiados pelos seus instintos humanos. O bem e o mal é representado, basicamente, por duas faixas etárias: a adolescência e a velhice. Enquanto a juventude é representada como vazia e fria, os idosos são representados como os corretos e bondosos.
Existe em Inuyashiki um certo apelo do autor de mostrar a realidade do mundo atual, na quantidade de desgraça que vem acontecendo a cada minuto. E algumas delas coisas que acabam passando despercebido pela correria do dia a dia, e até do egoísmo do ser humano.
É aquele tipo de história que coloca uma coisa estranha pra chamar a atenção de quem tá vendo pra falar de outro ponto muito importante.
Inuyashiki é o tipo de anime que não economiza na hora de ser intenso. Tudo é questão de vida ou morte. É uma série muita clara em cada situação, tudo no preto e no branco, dá pra entender bem o que está acontecendo naquele momento. O único porém fica por conta da falta de explicação do plot em si.

O Maior ponto negativo do anime pra mim ficou por conta da falta de embasamento do Plot. O fato de alienígenas transformarem o idoso e o adolescente em máquinas só porque estavam no mesmo lugar, parece apenas uma desculpa pra justificar o restante da historia.

Além disso, quem são esses alienígenas e por que fizeram isso? o que querem? Em todo o anime, não teve um só momento que mostrasse uma pista disso. E é certo que um mal desenvolvimento pode comprometer toda a história.
Personagens
Ichiro Inuyashiki é retratado como um velho tímido que tem dificuldade em fazer amigos e se comunicar. No entanto, é mostrado que ele tem um coração de ouro e dá o seu melhor para ajudar os outros. Ele coloca outros além de si mesmo e muitas vezes assume riscos altos para fazer aquilo que acredita ser o certo.
Por outro lado, há Hiro. Ele parece ser gentil e respeitoso, mas sua verdadeira personalidade é muito mais complexa. Ele usa seus poderes para matar os outros simplesmente pela emoção e porque ele pode. Não se sabe inteiramente como ele desenvolveu sua personalidade, mas olhar sua narrativa em relação a sua vida familiar e escolar pode ter atribuído a isso.
No entanto, Hiro não é inteiramente desprovido de humanidade. O anime mostra que ele se preocupa profundamente com sua mãe e também teve um amigo chamado Andou que ocasionalmente defende quando ele se torna vitima de bullying. Mais tarde, na série, Hiro também encontra uma garota que está apaixonada por ele, e ele aceita esses sentimentos e passa a proteger a garota e sua vó, da sua própria maneira.
Sendo agora robôs, os personagens buscam continuar se sentindo humanos. Enquanto Hiro se sente vivo ao matar, Ichiro se sente vivo ao salvar a vida dos outros.

Hiro e Ichiro realmente mostram o que os humanos são capazes quando eles recebem poderes que vão além da ordem natural das coisas. Ichiro prova que ele pode usar poderes para uma grande responsabilidade para salvar os outros e pode ser inspirador.

O cenário geral de Tóquio permanece consistente com nossos tempos modernos, aliás, toda as cenas relacionadas ao background são muito bem feitos e visualmente impressionantes. Mas talvez, o ponto que a gente realmente deve tocar, é a ação e a violência do anime. 
Para ficar mais evidente, é um anime bem violento, beira um pouco ao gore pela quantidade de sangue e mortes, definitivamente não é um anime para qualquer um, o anime também não tem censuras, pelo menos a versão que eu assisti não tinha, então, vá por sua conta em risco e tire as crianças da sala, hahaha.
No geral, eu curti muito o anime, eu assisti realmente sem muitas expectativas e foi uma boa forma de gastar meu tempo livre, não entra, sei lá, no meu top 10 de animes, mas vale a pena se você tá sem o que fazer e quer ver um pouco de violência gratuita e sofrer com alguns feelings.
Spoiler: Você provavelmente vai ficar triste no final, talvez role uma lágrima, ou talvez você encha um balde de choro, esteja avisado.

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: