Desenvolvimento Pessoal,  featured

Definição de metas – 10 erros que você está cometendo

10 erros de definição de metas que você está cometendo

Eu conheço o sentimento de querer que algo aconteça, mas não ser exatamente capaz de fazer essa coisa acontecer, ou de como fazer uma definição de metas ou ainda de como proceder para fazer isso acontecer. Em alguns momentos da minha vida, eu odiei o meu trabalho e me senti completamente presa em uma carreira que eu queria sair, mas eu não tinha a menor ideia do que fazer para mudar essa situação.

No entanto, alguns anos depois, aqui estou eu, cursando jornalismo e trabalhando com algo que eu realmente amo e acredito. O que aprendi com essas experiências é que posso ter controle da minha vida estabelecendo metas e criando um plano.

Então, eu criei uma lista dos principais erros que vejo com a definição de metas. Estes são os grandes erros que vão te impedir de ter total controle sobre sua vida.

Os erros de definição de metas mais comuns

Não anotar seus objetivos

É muito importante que você escreva seus objetivos. E não anotar eles é provavelmente o maior erro que vejo, ou seja, também é o mais comum de acontecer. Seja em um post-it, em um doc no seu computador ou em algum diário de definição de metas que você cria ou usa, é necessário anotar suas metas.

É amplamente aceito que anotar suas metas é um indicador da sua probabilidade de atingi-las, por isso, se você ainda não estiver fazendo isso, comece agora.

Não usar um gerenciador de tarefas

Não usar um gerenciador de tarefas é um grande erro relacionado à definição de metas. Usar um gerenciador de tarefas irá garantir que você faça algo todos os dias em direção ao seu objetivo. Sem isso, você terá uma meta e um prazo, mas nenhum plano para atingir sua meta.

Qualquer que seja o gerenciador de tarefas que você preferir, use-o – não tente atingir seus objetivos sem um.

Não definir um prazo para seus objetivos

Se você não definir um prazo para o seu objetivo, você realmente não define um objetivo – e seu objetivo se torna algo mais parecido com um desejo, e isso simplesmente não ajuda. Você descobrirá que atingir as metas exige um plano, que inclua um prazo. Quanto mais concreto você puder fazer seu prazo, melhor.

erros de definição de metas

Definir muitos objetivos

É comum ficar muito empolgado com a definição de metas e, no meio disso definir muitos objetivos. Você só tem tempo para realizar alguns dos seus objetivos de cada vez, então escolha sabiamente.

A qualidade sobre a quantidade é importante quando você está definindo metas. Eu gosto de definir um par para um determinado período de tempo, mas, em geral, tento reduzir minha lista de objetivos para o menor número possível.

Não fazer seus objetivos serem específicos e mensuráveis

Se você tornar seus objetivos gerais, vagos e incomensuráveis, não conseguirá alcançá-los.

Exemplos de metas gerais são: “ser melhor com dinheiro”, “entrar em forma” e “focar no desenvolvimento pessoal”. Todas essas são ótimas ideias, mas você não sabe o que é necessário para alcançá-las. Eles não são bons objetivos porque nunca terminaram.

Em vez disso, torne seus objetivos específicos e mensuráveis. Exemplos de metas específicas e mensuráveis são: “Pagar R$ 10.000 em dívidas de cartão de crédito até o final do ano”, “Perder 5kg até setembro” e “ler um novo livro de desenvolvimento pessoal e ouvir um novo podcast semanalmente.”

Não pensar a longo prazo

Se você definir metas com base em suas tarefas diárias e o que precisa realizar no futuro imediato sem pensar no longo prazo, estará cometendo um erro. É importante que você tenha o objetivo em mente ao definir metas. Você precisa pensar sobre o que você quer para toda a sua vida e trabalhar para isso, pensando nos próximos vinte, dez e cinco anos.

Então, você pode definir as metas de curto prazo. Mas se você trabalha do jeito oposto, você pode se deslocar para algum lugar que você nunca pretendeu.

Por exemplo, se você se concentrar tanto no trabalho e definir metas para alcançar mais metas de trabalho sem pensar nos efeitos a longo prazo, poderá acabar se tornando um tipo de workaholic que nunca pretendeu ser.

Não conhecer sua motivação

Ter objetivos sem saber por que você os tem vai deixar você insatisfeito depois de cumpri-los. Em vez de definir metas aleatórias, saiba por que isso é importante para você. Qual é o seu propósito na vida ou na área em que você está estabelecendo metas? Qual é a sua motivação para estabelecer metas?

Depois de saber o seu motivo e ter um objetivo maior do que você, você poderá realizar seus objetivos e se sentir bem com sua vida.

Não dizer “não” a outras oportunidades

Dizer “sim” a uma coisa significa dizer “não” a outra coisa. Por exemplo, se você disser “sim” para os planos de jantar e “sim” para todas as festas de despedida de solteira para as quais for convidado, estará dizendo “não” ao que faria durante esse período e que se aproximaria de suas metas.

Para garantir que você priorize suas metas e não coloque os planos de outras pessoas acima dos seus, recomendo planejar compromissos com você mesmo em sua agenda para atingir suas metas. Dessa forma, você pode dizer “sim” às oportunidades de outras pessoas somente quando isso fizer sentido para você.

Não se comprometer com seus objetivos

Tudo bem que você fez todo o planejamento necessário, para criar um plano incrível para atingir suas metas, mas se você não se comprometer com essas metas, não conseguirá cumprir.

A vida vai chegar rápido a você. Você está ocupado. Coisas acontecem o tempo todo que torna impossível realizar muita coisa. Você não precisa de mim para lhe dizer isso!

Então, quanto mais forte for seu compromisso com você mesmo e com seus objetivos, maior a chance de ter sucesso.

Não revisar suas metas

O erro final que vejo as pessoas cometendo é não revisar seus objetivos. Não é suficiente definir uma meta e trabalhar para realizá-la cegamente. Você tem que ter tempo para avaliar seu progresso ao longo do caminho.

Faça perguntas como “como está indo?” E “você estabeleceu o objetivo certo?”. Isso ajudará você a ter uma visão realista de seus objetivos.

Só porque você define uma meta não a torna permanente. A vida joga coisas em você que você nunca imaginou, então você tem que ser flexível para ajustar seus objetivos.

A chave é ter um plano em vigor e revisá-lo e revisá-lo periodicamente, à medida que as circunstâncias mudam.

Conclusão

Estabelecer metas é o ponto chave, porque é o segredo para projetar seu futuro. Estabelecer metas é a única maneira de saber como transformar o que você quer no que você tem. Evite esses erros e você está no caminho certo para ser uma diva que define metas.

AH! E nada de desanimar caso algo dê errado viu? As vezes a gente precisa dar um passo para trás para então dar dois para frente, a vida é assim, um embaralhado de escolhas e a gente nem sempre tem certeza se está fazendo a escolha certa ou a errada.

Mas precisamos fazer essas escolhas não é mesmo?

Por mais que algo dê errado, isso vai ser um aprendizado, nenhuma experiência é uma perda de tempo, algumas servem para nos ensinar, nos amadurecer, para que lá na frente a gente possa ser uma versão melhor de nós mesmos.

Leia também:

6 Dicas para definir as metas do seu blog e alcançá-las

Dicas de crescimento pessoal que tornarão sua vida melhor

As melhores dicas de estudo para quem está na faculdade

Sucesso é um estado mental

Quer ajudar a blog? Vem acompanhar a gente em outros canais:

Instagram / Facebook / Youtube

Cearense, criadora de conteúdo digital e estudante de jornalismo, eu sou a Cecilia e aqui no Gotas de Café você encontra todas as coisas que eu amo, que me inspiram e me fazem feliz.

7 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: