Animes

Aggretsuko – Uma animação Sanrio na Netflix

Aggretsuko – Uma animação Sanrio na Netflix

A empresa japonesa Sanrio, mais conhecida por criar a iconicamente adorável Hello Kitty e seus amigos igualmente adoráveis ​​como a My Melody, que foram vendidos como bonecos, brinquedos e jogos que são voltados principalmente para crianças que gostam coisas fofas, conhece? aposto que sim!

Aggretsuko, a mais recente personagem da Sanrio, adota uma abordagem ligeiramente diferente. Ela ainda é muito fofa, mas também tem uma tendência a ficar tão frustrada com o mundo ao seu redor que seu único escape é ficar bêbada e gritar músicas de death metal no karaokê.

Ela é, em outras palavras, a mascote perfeita para o mundo em que vivemos e sua série da Netflix leva esse conceito aidante.

Aggretsuko é a abreviação de Aggressive Retsuko, e Retsuko é uma red panda trabalhando em um escritório em Tóquio. O primeiro episódio mostra suas frustrações típicas, incluindo um colega de trabalho obcecado, uma fofoca chata e seus chefes exigentes, e no final de um dia agravante ela pega uma bebida e deixa tudo sair em um uivo profundo e aterrorizante no bar de karaokê local.

Uma coisinha bonitinha gritando em seus pulmões uma fúria indescritível é um gancho divertido.

Aggretsuko também tem alguns grandes momentos de comédia. Tem uma cena no primeiro episódio em que Retsuko percebe que usava o sapato errado para o escritório, fazendo com que ela inventasse uma dança boba para distrair os colegas de trabalho.

Parte da questão é que Retsuko mantém seu hábito de karaokê privado, então ela está sempre sozinha quando ela grita suas músicas.

As injustiças vistas no local de trabalho de Retsuko são típicas: sua chefe excessivamente exigente, o diretor que literalmente é um porco, pratica golfe o dia todo, Tsunoda que recebe tratamento especial, e o escritório não parece ter nada para fazer exceto espalhar fofocas desinformadas.

O que a série faz bem é ilustrar as microagressões do dia-a-dia, as pequenas coisas que afetam a alma de alguém. Há até uma gerente que guarda especificamente um frasco difícil de abrir para gritar com a Retsuko quando ela não consegue abri-lo.

Diabólico.

Felizmente, alguns colegas de trabalho ​​e novos amigos ajudam a amenizar sua insensatez. Eles questionam seus sonhos de casamento porque são motivados pelo desejo de escapar do emprego. Eles também refletem de volta para ela a imagem que ela inadvertidamente adotou e alimentou: a garota boa e confiável que não vai reclamar ou fazer algo errado.

aggretsuko

Aggretsuko não falta no departamento de humor.

Enquanto os episódios são breves, eles terminam e começam quase da mesma maneira durante cerca de metade da série. Mas a brevidade não deve ser uma desculpa para o humor cíclico. A segunda metade da série corrige isso, na maior parte, introduzindo novos personagens.

Mas, apesar dessa falha, Aggretsuko lida bem com temas muito reais e sérios como assédio e discriminação no local de trabalho. Apesar de tender a minimizar esses problemas, isso os torna acessíveis. A luta de Retsuko para deixar o emprego dela é muito real – pois ela está sendo maltratada por seus superiores, e sendo descaradamente discriminada.

Às vezes, ficar com o que você tem é mais fácil do que desenraizar toda a sua vida novamente. Então, se há uma coisa que Aggretsuko faz certo, é mostrar que luta ao máximo.

Ao longo da série, vemos a Retsuko tentando encontrar mais maneiras de lidar com o medo de seu trabalho.

Seus amigos e colegas a chamam de “o tipo que compra três pares de meias porque você se sente mal por sair sem comprar nada”. Ela é naturalmente atraída por fantasias escapistas sobre uma vida mais fácil porque está se esforçando para ser alguém que não é.

“Depois que eu contar até dez, serei um funcionário moderado”.

É aqui que o retrato de Aggretsuko desse ciclo se torna problemático – mas talvez isso seja intencional. Apesar de seu chefe ser um porco literal e misógino, Retsuko sempre atende às suas exigências. Não importa o quão terrivelmente repugnante ele a trate, ele não só se safa disso no sentido comercial, mas também com ela.

Repetidamente, vemos ela trazer chá para ele quando ele exige, e ela não tem a postura para falar com ele. Não que seja certo esperar um “final feliz” desta série em particular, mas teria sido empoderador vê-la entrar ainda mais em si mesma e encontrar a liberdade daquele ambiente tóxico. Alerta de spoiler, ela não encontra.

Talvez ela não esteja totalmente feliz ou talvez não esteja completamente satisfeita, mas está encontrando seu caminho e apoio em áreas improváveis. Ele chama a atenção para o comportamento desagradável dos negócios e o quão injusto o local de trabalho pode ser para uma mulher em tal situação, principalmente no mundo de hoje.

Mas é muito mais fácil falar do que fazer algumas vezes, como mostra o infeliz ciclo de miséria de Retsuko.

Encontrar um equilíbrio entre ganhar dinheiro para viver e viver é algo difícil de encontrar. Mas “Hoje é o dia!” Na verdade não será o dia até você chegar no dia, e nenhuma quantidade de ideias de negócios arriscadas, amor idílico ou aulas de ioga resolverão isso.

Aggretsuko é definitivamente muito mais maduro que qualquer outro personagem Sanrio. Mesmo com suas nuances um tanto niilistas, a série mostra a luta de encontrar satisfação com muita precisão, e é uma jornada que eu acho que quase todos os jovens podem se relacionar.

É engraçado, é bobo, é sério e é um pouco sombrio. Mesmo assim, ainda me dá esperança de uma maneira meio amarga e estranha.

Acabei de assistir Aggretsuko, e gostei de tudo, embora certamente tenha seus pontos fortes e fracos. Tudo em geral é acima da média.

O estilo de arte é provavelmente o meu ponto favorito do show. Pode ser simples, mas certamente faz o trabalho, e os desenhos simplistas dos personagens aumentam o apelo da fofura. Há uma grande variedade de personagens, e é engraçado ver desenhos tão amistosos envolvendo uma comédia adulta.

Com dez episódios de 15 minutos de duração, toda a série tem cerca de duas horas e meia de duração, e todos os episódios levam um ao outro – há uma grande quantidade de continuidade aqui, com todo o show sendo um arco contínuo.

O que é esse fantástico panda vermelho? Você está tentando nos dizer como você realmente se sente? A marca ultra-bonitinha era apenas uma fachada? Com a primeira temporada agora exclusivamente na Netflix, Aggretsuko é uma montanha-russa emocional, mas cheia de risadas, bombas da verdade e muitas criticas sociais.

Vale a pena assistir!

7 Animes para assistir na Netflix

Yamishibai: Japanese Ghost Stories – Animes de Terror

Anime: Devilman Crybaby

4 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: