Desenvolvimento Pessoal

Do currículo a entrevista, guia completo para conseguir um emprego

Do currículo a entrevista, guia completo para conseguir um emprego

Está mudando de carreira ou procurando sair do desemprego? Em ambas as opções você vai precisar da mesma coisa: Preparo. Então o artigo de hoje está recheado de dicas para fazer justamente isso: te ajudar a se preparar para conseguir aquele emprego que você sempre quis.

Desenvolvimento Pessoal: Saiba como criar um plano completo para o sucesso

Para se preparar você precisa saber que cada momento exige um cuidado específico. Seu currículo precisa da mesma atenção que você vai ter ao estudar sobre a empresa que quer entrar.

Então são estes os tópicos que vamos incluir neste artigo: Como elaborar o currículo perfeito, e-mail e carta de apresentação, entregar currículos pessoalmente, como se preparar para a entrevista e como pedir feedback.

Vamos lá?

Como fazer um bom currículo

Procurando dicas para escrever o currículo perfeito? Saiba que construir um bom currículo não é difícil, mas você precisa prestar atenção ao que está fazendo para não cometer erros que podem te custar a vaga que você tanto queria.

Dicas de crescimento pessoal que tornarão sua vida melhor

Por onde começar?

Informações básicas e de contato

Ok, essa parte é bem óbvia, pois é realmente necessária em seu currículo, mas existem alguns fatores a serem considerados e um dos mais importantes é a consistência para criar uma boa representação sua e um resumo de informações.

O empregador não precisa saber do seu RG, CPF, muito menos do nome dos seus pais antes de te contratar.

Se mantenha básico e inclua somente:

  • Nome completo
  • E-mail
  • Telefone de contato
  • Endereço do seu perfil em redes profissionais, como o LinkedIn. Mas evite incluir perfis de redes sociais pessoais.
  • Cidade onde mora
  • Idade ou data de nascimento (opcional)

Também tome cuidado com os nomes que você usa em e-mails e endereços de redes sociais. Apelidos de internet ou que lembram personagens ficcionais podem passar uma impressão negativa.

Como anda seu Networking? Dicas para melhorar sua rede de contatos

Para parecer mais profissional, crie um e-mail apenas com o seu nome real e nenhuma informação a mais, isso te ajuda a construir uma presença mais profissional.

currículo

Sua experiência profissional

Você deve apresentar primeiro seu trabalho mais recente, depois disso cite os trabalhos anteriores mais relevantes. Tente detalhar suas posições profissionais nos últimos anos, se você acabou de sair da faculdade e ainda não tem muita experiência, pode incluir estágios e projetos que tenha realizado na faculdade.

Como organizar informações profissionais

  • Nome da empresa onde trabalha ou trabalhou
  • Cargo que ocupava
  • Datas de início e fim: inclua mês e ano para cada uma dessas datas, ou se este é seu trabalho atual.
  • Descrição das atividades: O que você fazia na empresa? Quais eram suas responsabilidades? Inclua detalhes que considere relevantes.
  • Conquistas: Faça uma breve lista de suas realizações e contribuições importantes que beneficiaram a empresa durante seu tempo lá.
  • Uma breve descrição sobre a empresa.

Educação e desenvolvimento profissional

É bom que você tenha um registro de toda a sua educação, comece com sua graduação, insira detalhes sobre sua faculdade como curso, modalidade, duração,  instituição, etc. Em seguida comece a incluir formações importantes como cursos ou treinamentos que você recebeu.

Exemplos:

    • Mestrado em Marketing Digital – UFC (Ceará) – 2017 (em curso)
    • Graduação em Comunicação Social – UFC (Ceará) – 2012 – 2016.

Presença online

Você já pensou que alguns recrutadores podem ir atrás dos seus perfis online antes ou depois da entrevista? Como disse anteriormente, você pode fazer com que eles poupem tempo ao incluir o link para o seu perfil do LinkedIn, por exemplo.

Mas além da sua conta no LinkedIn, seu currículo também pode incluir todos os links relevantes para o seu trabalho, como um site pessoal, portfólio ou blog. Se o seu trabalho envolve redes sociais, você pode incluir os links para outras contas de redes sociais, como Twitter, Instagram e assim por diante.

Hábitos de Estudo para uma Carreira de Sucesso

Habilidades

O que você sabe fazer? Faça uma lista de todas as suas habilidades que se aplicam ao trabalho que você procura. Seja específico, você faz um bom design? Escreve bem? Sabe fazer gerenciamento de redes sociais? Tudo isso pode se somar.

Honestidade

Não vale tentar enganar ou mentir no currículo, o recrutador uma hora ou outra vai descobrir e imagine se você é pego na mentira no momento da entrevista? Muito constrangedor e você ainda pode perder a oportunidade. Mesmo que você não tenha muita experiência ou formação para a vaga, não minta, procure mostrar seu valor com a bagagem que você já possui.

Estrutura

Agora que você já tem em mãos os dados que vão entrar no seu CV, vamos pensar na aparência dele? Organização nesse momento é de total importância, mas também vamos pensar no atrativo visual.

Seja criativo

Qual a sua área de atuação? Se você trabalha ou pretende entrar no meio criativo, que tal aderir a um currículo mais estiloso e fugir do tradicional mantendo todas as informações? Mas se sua área de atuação não permite essa inovação, você também pode usar a criatividade utilizando vídeos, infográficos e outros recursos visuais interessantes.

Seja cuidadoso

Se você não pode ter erros de estrutura no seu currículo, com a ortografia não é diferente, então fique atento aos detalhes. Releia seu currículo várias vezes antes de enviar e se possível peça para alguém de confiança conferir também.

Consistência

Você precisa de um currículo consistente e de aparência profissional, por exemplo, sempre usar a mesma fonte, Escolha uma, como Arial, Calibri ou Helvetica. O tamanho da fonte no corpo do currículo deve ser de 11 ou um pouco maior. Use os mesmos caracteres, por exemplo, se está usando um traço para destacar sua formação, não use um ponto ou uma seta para destacar suas experiências profissionais na sessão seguinte.

Currículos devem ter boa aparência

Imprima e olhe seu currículo de longe, ele é bonito e harmonioso? Você deve prezar pela simetria e design adequados da página para que ele seja visualmente atraente, além de fácil de ler. Então cuidado na escolha da fonte e no uso de caracteres especiais.

O que não incluir no seu currículo

As seções que os empregadores acham irrelevantes são as Línguas e os Interesses Pessoais e Realizações. Sobre as línguas, mencione outras línguas faladas somente se o trabalho solicitar candidatos bilíngues. De outra forma, talvez essa informação seja irrelevante e se faltar espaço, corte ela de lá. Sobre Interesses pessoais e realizações, deixe seus hobbies de lado, ao menos que sejam muito relevantes a vaga que você está a procura.

Certas informações são desnecessárias, então deixe para falar sobre assuntos “curiosos” da sua vida durante a entrevista, lá você poderá falar sobre suas atividades extra curriculares, hobbies, etc. A única exceção que você pode fazer é caso seu currículo seja pequeno e não complete uma página, então você pode adicionar essas informações.

E-mail e carta de apresentação. Cuidado na hora de mostrar seu interesse na vaga

Já imaginou quantas centenas de currículos o recrutador deve receber logo que anuncia a vaga? Então, simplesmente anexar o seu e escrever que o arquivo está em anexo na maior parte das vezes não é o suficiente.

Para se destacar dos outros candidatos, você também deve trabalhar sua abordagem, com um título mais chamativo e uma breve carta de apresentação.

Campo de assunto

Algumas empresas pedem informações específicas no título do e-mail, por isso é importante ficar atento a descrição da vaga, tópico que vamos falar um pouco mais a seguir.

Se a empresa não pede nada específico nesse campo, você pode ficar livre para elaborar da forma como achar melhor, mas é importante deixar claro a vaga que você está se candidatando e seu nome, também é chamativo usar a sigla “CV” ou a palavra “Currículo” no título do e-mail para chamar atenção.

Exemplo: “CV – Cecilia Mesquita – Vaga para Jornalista”

Carta de apresentação

Tudo bem que todas as suas informações se encontram no seu perfil do LinkedIn, mas enviar uma carta de apresentação no corpo do e-mail ou anexada ao currículo pode ser seu diferencial, além de que é uma chance de se mostrar interessada na vaga e ter maior possibilidade do seu currículo ter a atenção que merece.

Comece a carta com uma saudação, um “Olá” ou “Bom dia” para ser cordial com o recrutador, se você souber o nome dele, algo que dá para descobrir dependendo do endereço do e-mail, adicione o nome da pessoa a sua saudação.

Em seguida faça uma breve apresentação, fale sobre você, sua formação e experiências e porque você é um bom candidato para esta vaga, se conecte a empresa, mostre que seus interesses estão alinhados ao dela, por exemplo.

Se alguém te indicou essa vaga, é um bom momento para citar isso também. Por fim agradeça a oportunidade e se despeça de forma educada.

Atenção ao anúncio da vaga

Outra parte muito delicada na hora de enviar seu currículo, é ter a devida atenção a descrição da vaga. Muitas vezes o anúncio conta com um código que deve ser incluído no título do e-mail, caso contrário, seu e-mail vai para o lixo.

Você também deve ter atenção a formação e habilidades pedidas na vaga e analisar se você cumpre os requisitos mesmo que parcialmente.

Outra dica que também tem a ver com as habilidades especificadas na vaga, é pegar esses dados e mostrar o que você já sabe sobre o que é pedido na carta de apresentação.

Entregar o currículo pessoalmente?

Dependendo da vaga que você está se candidatando, pode ser que a empresa tenha preferência por receber seu currículo impresso direto na empresa. Nesse tipo de situação, o processo seletivo as vezes ocorre até no mesmo dia.

Isso é muito comum para vagas temporárias ou empresas de alta rotatividade como call centers, então, se você está procurando por um trabalho urgente, entregar pessoalmente pode ser a melhor saída.

Hora de se preparar para e entrevista

A entrevista não é uma etapa fácil, especialmente se o candidato está fora do mercado a muito tempo. É raro que alguém seja contratado na primeira entrevista, as vezes o candidato passa por duas ou três entrevistas em diferentes áreas da empresa para então ter a carteira assinada, ou seja, essa é uma etapa cansativa e que exige muita preparação.

Preparação pessoal

Faça uma retrospectiva da sua vida profissional, repasse na sua cabeça tudo que você fez nos últimos anos, cargos, cursos, etc, tenho isso bem fresco na sua mente quando for chamado para a entrevista.

Mesmo que todas essas informações estejam no seu currículo, o recrutador vai querer saber detalhes, coisas que não cabiam naquele espaço de uma página, então essa é a hora de você impressionar.

Conheça a empresa

Essa é uma parte importante, não custa nada dar uma olhada no site e no blog da empresa. Você pode aprender bastante sobre o local também só de olhar nas redes sociais.

O recrutador uma hora ou outra vai perguntar porque você se candidatou a essa vaga, então, mostrar que se identifica e que conhece a empresa é uma forma de se destacar nesse momento.

Essa dica é útil até mesmo para saber como se vestir para ir a entrevista e como chegar a empresa. Pesquise o endereço com antecedência, você não vai querer causar a má impressão de um atraso, né?

Chegou a hora da entrevista

Os pontos a seguir são de preparação para o momento em que você fica cara a cara com o recrutador.

Responda essas perguntas

Essas perguntas podem ou não cair no seu colo durante a entrevista, de uma forma ou de outra, é melhor estar preparado para respondê-las.

  • Por que estou interessado nessa vaga?
  • Quais são minhas habilidades para este cargo?
  • Preciso trazer novas ideias para a empresa?
  • Você teria orgulho de ter esse trabalho?
  • Por que você quer sair do seu trabalho atual?
  • Quanto você quer ganhar?
  • Quais seus objetivos a longo e curto prazo?
  • O que você procura num emprego?
  • Por que você acha que deve ser contratado?
  • Quais seus pontos fortes e fracos?
  • Quanto tempo pretende trabalhar nessa empresa?

Mostre sua personalidade

Esse é o momento de mostrar quem você realmente é. Faça o possível para se livrar do nervosismo e passe toda a sua energia positiva ao recrutador, algumas personalidades atraem muito positivamente como:

  • Energético – Quanto mais energia e disposição para trabalhar, melhor.
  • Motivado – Entusiasmo para superar dificuldades é uma das qualidades mais requisitadas, especialmente para cargos de liderança.
  • Persistente – Mostre que você não desiste de tarefas até que o objetivo seja atingido.
  • Responsável – Mostre que você assume suas responsabilidades e não vai colocar a culpa no estagiário.
  • Honesto – Mostre sua integridade.
  • Dedicado – Você é daqueles que vestem a camisa da empresa? Mostre isso.
  • Analítico – Inteligência e discernimento na hora de tomar decisões devem ser enfatizados.

Faça você também as perguntas

Será que essa é mesmo a vaga dos seus sonhos? Esse é o momento de tirar as dúvidas e mostrar ainda mais interesse como candidato. Algumas ideias de perguntas são:

  • Quais são os objetivos a curto e longo prazo da empresa?
  • Como funciona a organização na empresa?
  • Existe alguma mudança organizacional acontecendo? Como isso me afetaria dentro da empresa?
  • Por quais resultados esse cargo vai ser responsável?
  • Que qualificações são necessárias para ter um bom desempenho nesse cargo?
  • Que aspectos atuais poderiam ter melhor desempenho ?
  • O que você desejaria ver no novo ocupante desse cargo?

Outras coisas para lembrar

Agora vamos a um breve check-list de coisas para fazer e não fazer no momento da entrevista, algumas já citamos no decorrer do artigo, outras vamos enfatizar agora, então lembre de:

  • Chegar cedo e aproveitar o tempo de espera para repassar mentalmente seu treino.
  • Dê um aperto de mão firme, nem muito forte nem muito fraco.
  • Sorria. Seja agradável, e siga a formalidade da empresa.
  • Não desvie o olhar.
  • Responda às perguntas com entusiasmo.
  • Mantenha uma boa postura.
  • Durma bem na noite anterior.

E lembre de não:

  • Não leve outra pessoa com você.
  • Não fume no ambiente. Há empresas que até discriminam fumantes.
  • Deixe os óculos escuros e bonés em casa.
  • Não implore para ser contratado.
  • Cuide da sua higiene pessoal.
  • Evite discussões sobre religião, política ou futebol. Não faz sentido trazer a tona esses assuntos.

Não tive retorno sobre a vaga, e agora?

Não adianta ficar nervoso se você acabou de chegar em casa após o processo seletivo e o e-mail ainda não está lá. Os avaliadores vão demorar o tempo que precisarem para escolher o candidato certo para a vaga, então não se estresse nem demonstre ansiedade ligando para uma resposta poucas horas depois.

Qual a melhor forma de entrar em contato?

Se o recrutador te convidou para a entrevista através de uma ligação, então você pode tomar a liberdade de ligar para o mesmo número, mas caso o contato tenha sido por e-mail, então a melhor forma é entrar em contato através do endereço eletrônico do recrutador.

É importante ser educado no contato, se apresente e deixe clara a vaga para qual você se candidatou. Uma boa forma de saber o resultado, é perguntando se a vaga já foi preenchida, mas evite tons de cobrança.

Caso a notícia não seja das melhores, não fique triste e agradeça a oportunidade.

Quando entrar em contato?

No final da entrevista, é provável que o recrutador tenha definido um prazo para o final do processo seletivo, então não se apresse, espere o fim desse prazo, caso o feedback não venha automaticamente, espere um ou dois dias para então entrar em contato.

Não fique desanimado se receber um feedback negativo, internalize os pontos que o recrutador te apontou e procure melhorar. Talvez seu perfil não tenha se encaixado na empresa, talvez sua experiência não fosse tão vasta em um ponto específico, são muitas possibilidades sobre as quais você não tem controle, então não precisa desanimar.

Conclusão

Entrar no mercado de trabalho, ou tentar uma mudança de carreira pode ser um desafio, uma tarefa complicada, mas com uma boa preparação, você vai atingir seu sucesso profissional.

O importante é não desanimar no primeiro não. Talvez você participe de vários processos seletivos até encontrar sua vaga, então saiba que quanto mais você tentar, maior será sua experiência e maiores as chances de conseguir.

Agora você já sabe como se preparar para arrasar na entrevista de emprego, mas se você tem alguma dica ou dúvida, deixa aqui nos comentários, vamos manter esse artigo sempre atualizado com as sugestões de vocês.

Quer ajudar a blog? Vem acompanhar a gente em outros canais:

Instagram Facebook / Youtube

Modelo de currículo simples para preencher Modelo de currículo simples para Download Modelo de curriculo simples Gratuito Modelo de currículo criativo para preencher Modelo de currículo criativo para Download Modelo de currículo criativo Gratuito (Usar Modelos do Canva)

Um comentário

  • Renata

    Nossa, já passei por vários processos seletivos e a espera é uma das piores partes né? Aprender a lidar com a ansiedade de ter que esperar até o final da semana para receber uma ligação é bem difícil. Acredito que quanto melhor nos conhecermos, melhor sabemos “nos vender”, sabe? Mais confiante a gente fica pra falar de nós mesmos, de apontar os pontos fracos e fortes. Gostei muito do seu blog e comecei a te acompanhar pelo instagram também!

    Um beijo,
    Rê | https://rivieredusouvenir.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: