marketing para startups
Marketing

Por que o marketing digital é importante para as startups?

Por que o marketing digital é importante para as startups?

Todos os dias, novas marcas são lançadas no mercado. Essas marcas precisam competir com empresas de longa data e milhões de campanhas de marketing.

Para as startups, a única esperança de ser bem sucedido é em marketing melhor e mais eficiente do que as empresas antigas. Muitas vezes, as startups têm um orçamento limitado, o que significa que precisam aproveitar ao máximo suas finanças para alcançar clientes e converter receita.

Por que o marketing digital é importante para as startups?

O marketing digital muitas vezes pode ser feito a um custo muito menor do que o marketing tradicional. Embora os anúncios impressos e televisivos possam custar milhares de dólares, um anúncio on-line pode custar apenas algumas centenas de dólares.

Além disso, um blog pode alcançar milhares de leitores pelo custo de criar artigos e pagar por um servidor. O marketing digital permite que as startups alcancem novos clientes e desenvolvam relacionamentos por uma fração do custo do marketing tradicional.

Envolva seus Clientes

Os webinares oferecem uma oportunidade para envolver o cliente diretamente, da mesma forma que responder comentários e repostar conteúdo gerado por usuários, isso envolve. Por meio do marketing digital, os clientes sentem que têm um relacionamento pessoal e pessoal com a empresa.

Uma vez que esse relacionamento é desenvolvido, é preciso um mínimo de esforço para a startup manter seus clientes. Além de envolver os clientes, as campanhas de mídia social também ajudam a direcionar o tráfego para o site da empresa e comercializar novas ofertas.

Use métricas para impulsionar o sucesso

Cada vez mais consumidores estão usando dispositivos móveis para se conectar e descobrir produtos. Devido ao amplo acesso a computadores e dispositivos móveis tradicionais, o marketing on-line é uma das formas mais eficientes de marketing para os consumidores.

Além disso, oferece métricas em tempo real para a startup avaliar o sucesso de sua campanha. Em vez de tentar adivinhar o número de leitores de jornais que analisaram um anúncio impresso, a startup sabe imediatamente quantos espectadores estão lendo e interagindo com seus anúncios.

Startups agora podem personalizar sua abordagem de marketing para locais específicos e informações demográficas. Essas ferramentas sofisticadas permitem que os profissionais de marketing digital descubram o comportamento de compra do cliente e identifiquem novas oportunidades.

Além disso, o marketing digital facilita a descoberta de quais ofertas são úteis e quais produtos devem ser criados para atender às necessidades do consumidor.

Desenvolvendo a abordagem correta de marketing digital

Ao criar uma estratégia de marketing digital, as empresas precisam adaptar sua abordagem com cuidado. O marketing digital permite que todos os aspectos dos anúncios, emails e conteúdo sejam integrados uns aos outros.

Desde a criação de um site até a publicação de um webinar, essas técnicas devem ser planejadas com antecedência para que sejam eficazes.

Entre os diferentes métodos disponíveis, startups podem usar esses elementos-chave:

  • Criando um site que mostre sua marca
  • Marketing de vídeo
  • Campanhas de PPC
  • Marketing de mídia social
  • Marketing de email
  • Otimização de mecanismos de pesquisa

Para começar, a empresa precisa criar um site atraente e fácil de navegar. Dentro do site, a maioria das empresas também deseja incluir um blog ou uma seção semelhante focada no conteúdo. Essa parte do site pode ser usada para aumentar a visibilidade on-line e o conhecimento da marca.

Para startups que operam com um orçamento limitado, é importante utilizar a otimização do mecanismo de busca (SEO). Essa técnica é usada para direcionar o tráfego orgânico para um website. Os motores de busca percorrer sites para pegar palavras-chave.

Essas palavras-chave, backlinks e outras métricas são usadas pelo mecanismo de pesquisa para decidir se o site será útil para um leitor. Web sites que são considerados de maior autoridade e mais úteis são classificados mais elevados nos motores de busca.

Como a maioria das pessoas clicará apenas nos três primeiros resultados da listagem do mecanismo de pesquisa, é importante que as empresas apareçam nos principais resultados.

Para que o SEO seja eficaz, as empresas também precisam desenvolver backlinks para o site. Esses links podem vir de outros sites, mídias sociais ou blogs. Cada backlink é um indicador para os mecanismos de pesquisa que outro site considerou interessante ou útil para a página da empresa.

Como resultado, uma página com mais backlinks terá classificação mais alta que uma página sem nenhum backlink.

Uma estratégia de otimização mobille é uma necessidade

A tecnologia do mecanismo de pesquisa e os usuários on-line estão em constante evolução. Embora um website básico tenha funcionado há uma década, os usuários atuais estão interagindo com empresas por meio de seus dispositivos móveis.

Por isso, as startups inteligentes devem criar uma estratégia de otimização mobille. No mínimo, o site deve ser projetado de forma que seja fácil de ler e navegar usando um dispositivo móvel.

A pesquisa para celular agora é uma parte maior das pesquisas do que as pesquisas na área de trabalho. Como resultado, o Google mudou seus algoritmos de classificação para garantir que os sites sejam projetados com dispositivos móveis em mente.

Se os websites não forem compatíveis com dispositivos móveis, eles não terão uma classificação alta nos mecanismos de pesquisa.

SEO ainda é importante

O Google pode ter atualizado seus algoritmos, mas o SEO ainda é a melhor maneira de os mecanismos de busca decidirem sobre o que é um site e como ele é útil. Enquanto houver mecanismos de busca, os mecanismos de busca precisarão de alguma maneira para determinar o tópico e a utilidade de um site.

O conteúdo deve ser uma parte importante de qualquer estratégia de marketing digital

Cada vez que alguém joga um anúncio no jornal, eles têm que pagar outra taxa para colocar o anúncio. Em comparação, o marketing de conteúdo pode fornecer uma maneira relativamente barata ou gratuita de comercializar um negócio continuamente.

Os consumidores querem descobrir informações sobre os produtos e eles procurarão essas informações on-line. Quando o usuário acessa o site da empresa, a empresa tem a oportunidade de transformar sua busca por conhecimento em uma venda.

Uma vez que o conteúdo tenha sido adicionado ao site, ele pode continuar atraindo clientes de graça.

O conteúdo não precisa estar na forma de um blog comum. Infográficos, webinars, GIFs, memes e imagens podem fazer parte da estratégia de conteúdo da startup. Se algo pode ser apreciado ou compartilhado, ele pode se tornar parte do conteúdo on-line da empresa.

Cada compartilhamento nas mídias sociais oferece publicidade gratuita e novos clientes em potencial para a startup.

Pense além dos anúncios básicos de pagamento por clique

Há dez anos, os anúncios pay-per-click eram a principal forma de as empresas conduzirem sua estratégia de marketing on-line. Hoje, essa técnica tem um impacto muito menor do que outras técnicas de marketing. Anúncios pagos tendem a ser mais promocionais do que educacionais.

Os leitores também estão acostumados a ignorar propagandas, então esses anúncios tendem a alcançar muito menos pessoas do que a maioria das empresas gostaria. Em vez de despejar milhares de dólares em uma campanha publicitária limitada, as empresas podem adotar redes sociais, conteúdo informativo e táticas de criação de marca.

Os anúncios ainda podem ser úteis, mas são apenas uma das ferramentas disponíveis para os profissionais de marketing. Engajar consumidores on-line leva tempo e os anúncios são limitados em suas opções de engajamento.

Embora um anúncio de pagamento por clique possa atrair alguns clientes adicionais, ele não pode ser a única fonte de geração de leads da empresa.

Otimizando a taxa de conversão

Algumas startups acreditam que o marketing digital não funciona porque elas não geram leads. Parte do problema é que essas startups esquecem de otimizar sua taxa de conversão. Uma postagem de mídia social pode levar as pessoas ao site, mas não criará uma venda a menos que a empresa otimize o site.

Deve haver uma opção para se inscrever em uma lista de e-mail, comprar um produto ou preencher um formulário de contato no site. Uma frase de chamariz na parte inferior de um artigo ou um botão para se inscrever torna mais fácil para o visitante do site se tornar um cliente pagante.

O marketing digital permite que as startups:

  • Aumentem sua visibilidade
  • Aumentem as taxas de conversão online
  • Reduzam o orçamento de marketing
  • Gerar leads
  • Aumentar as vendas
  • Desenvolver um conhecimento de marca
  • Aumentar as taxas de conversão online
  • Melhore o envolvimento do cliente
  • Influenciar decisões de compra
  • Acompanhe o retorno do investimento

Em uma pesquisa recente, a CB Insights descobriu que 17% das startups falharam porque não comercializaram corretamente. O marketing digital tem que ser feito assim que a inicialização é formada. Desde o início, o marketing digital precisa ser uma parte essencial da estratégia de negócios da startup.

Para que o negócio seja bem-sucedido, ele precisa alcançar novos clientes, desenvolver leads e converter leads em vendas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: