Todo mundo conhece uma criança – ou até mesmo adolescente – que amam dinossauros. Não é difícil se encontar com as histórias, imagens e suposições do que certos dinossauros tenham sido. Existem diversos museus de dinossauros espalhados pelo mundo, alguns com esqueletos inteiros em exposição. Embora não seja mais possível observar esses animais de verdade em nosso mundo é possível explorar sua história, seus restos e até mesmo divertidos filmes de ficção que têm como personagens principais os dinossauros, incluindo o queridinho velociraptor. Este pequeno grande dinossauro tem enorme fama e reputação, especialmente entre os amantes destes animais pré-históricos.

O que foram os velociraptors?

Desde a descoberta do primeiro fóssil inteiro de um Velociraptor no começo de agosto de 1923, localizado no deserto de Gobi, na Mongólia, descobrimos muito sobre esse predador do tamanho de um peru. Sim, é isso mesmo, os velociraptors não tinham mais do que o tamanho de um peru comum dos dias de hoje. Embora ele possuísse garra assustadora, mas não uma ferramenta de destruir suas presas. O primeiro fóssil de Velociraptor encontrado pelos cientistas foi coincidentemente uma garra de tamanho impressionante, desenterrada ao lado de um crânio completo, mas esmagado, durante uma expedição do Museu Americano de História Natural até a Mongólia.

Muito foi descoberto depois disso

Os primeiros fósseis de Velociraptor – um crânio e uma bela garra curva em perfeito estado do animal tiveram seus desenhos publicados em 1924, quando o animal foi dinalmente reconhecido como uma nova espécie de dinossauro. Henry Fairfield Osborn, na época era o presidente da AMNH, publicou a descrição dos achados daquele dinossauro ainda no ano de 1924, mas na época pensou que a garra encontrada se tratasse grande garra curva da mão. Agora sabemos a garra na verdade faz do segundo dedo do pé do Velociraptor. Era a arma perfeita de um predador e podia ter o tamanho incrível de mais de 7 centímetros. Em vez e estripar seus oponentes, pesquisadores sugerem que a garra afiada era usada para perfurar as presas, e não para cortar, e provavelmente era usada como um gancho para evitar que a presa escapasse.A garra se parece com a garra de uma águia, que a utiliza para agarrar a presa e prendê-la.

Um dos dinossauros favoritos dos amantes de dinossauros

Os cientistas sabem que dromeossauros, classe de dinossauros em que o velociraptor faz parte também, andavam com apenas dois dedos do pé no chão. A famosa garra do pé permanecia erguida no ar, assim ela continuava sempre afiada. Nenhuma evidência de comportamento do animal no entanto existe, e tudo o que vemos na ficção não é nada além de pura ficção mesmo. Ele era um dinossauro parecido com uma ave de rapina, se fossemos pensar nos animais que existem hoje em dia. É um dos brinquedos mais vendidos nessa época de Natal, pois é um dos dinossauros mais queridos do público, seja por conta do apelo do dinossauro nos filmes da ficção, ou por ele simplesmente ser um dos dinossauros mais interessantes e misteriosos da atualidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui